Desfralde

Primeira coisa: ANTES não é MELHOR!

por Dra. Camille Donnabella


A partir de mais ou menos 1 ano e meio, já é possível iniciar o desfralde diurno, porém essa não é uma regra, não significa que seu filho será menos ou mais desenvolvido de acordo com a idade do desfralde, ok? Não se apegue e idade.

Outra questão muito importante e pouco falada: xixi na cama até os 5 anos de idade é esperado, não se fruste, não se lamente, não compare! Se o seu filho tem 5 anos e ainda faz xixi na cama, ele não tem nada de errado! Porém se isso acontece após os 6 anos é necessário conversar com o pediatra para realizar uma avaliação e possível tratamento.

Papais vocês sabiam que 30 a 50% das pessoas apresentarão pelo menos algum tipo de comprometimento de saúde por conta do desfralde inadequado? Entre os mais comuns estão: infecções urinárias recorrentes, hipertrofia da musculatura da bexiga, perdas urinárias, emergências urinárias (sensação de que precisam urinar imediatamente e se demorar, fazem nas calças), ecoprese (pequenas perdas de fezes ou total, sem controle), constipação leve, grave ou crônica.

Por todos esses motivos que é importante ressaltar que o desfralde deve ser natural, gradual e respeitoso. Cada criança é uma criança, cada uma tem seu tempo e sua forma, não compare, não brigue, não faça chantagens emocionais, ok?

Para iniciar o desfralde a criança precisa apresentar sinais de que está no momento certo:

- Percebe o que estamos fazendo no banheiro (desde que nos vejam), isto é, tem curiosidade.
- Remove e abaixa a roupa.
- A fralda está seca.
- Quer sentar no vaso ou no penico.
- Ela se esconde para fazer cocô (como os adultos).
- Ela começa a dizer que tem xixi ou cocô depois de fazê-lo (que ela tenha consciência não indica que ela controle os esfíncteres), então ela começa a nomeá-lo quando faz e finalmente aprende a avisar antes.
- Geralmente, elas primeiro aprendem a controlar o cocô noturno, depois durante o dia, seguido do controle diurno do xixi e, finalmente, controle noturno da urina.

Espere até que ela apresente esses sinais, e inicie o desfralde de forma tranquila, sem pressa. Inicie o desfralde diurno, quando estiver concluido, o que leva no mínimo 6 meses, comece o noturno!

Ah! E só mais um lembrete, o desfralte é um processo que deve ser acolhido e realizado na família, não cabe à escola essa tarefa, não é um processo pedagógico.

Claro que a escola deve apoiar os pais, porém são os pais que devem assumir o compromisso do desfralde ca crianças.

Espero ter ajudado, até a próxima!

Dra. Camille Donnabella


Residente de Pediatria
R. Bartolomeu Peranovich, 274
Centro, Atibaia - SP, 12940-610
(11) 4412-2525